Primavera (Spring)
Primavera (Spring) spring stories
  5
  •  
  0
  •   0 comments
Share

neusac
neusac Community member
Autoplay OFF   •   2 years ago
The elevator took longer than usual to come to her floor. She was very late that day.

Primavera (Spring)

O elevador demorou longos minutos mais que o normal para chegar. Ela estava atrasadíssima e, quando a porta se abriu entrou num sopetão e quase derrubou o anão que já se encontrava nele.

O susto foi tão grande que ela ficou sem palavras, levou um tempo para recobrar-se e pedir desculpas. Provavelmente, a sua cara de espanto falou primeiro por ela.

O anão, ao contrário, sorriu com ar divertido, como se já estivesse acostumado e disse que não foi nada. Acontece.

Acontece? Ela ficou ensimesmada, meio sem jeito, durante aqueles intermináveis, claustrofóbicos momentos que, geralmente, levam para o elevador chegar ao térreo quando se está com pressa.

Intrigada, começou a matutar: um anão no prédio? Será que mora aqui ou está de passagem? Afinal, o que será que um anão faz da vida? Trabalha em um emprego “normal” como todo mundo?

Talvez seja um artista, trabalhe na televisão ou no cinema, sei lá. Bobagem, deve ser funcionário público.

Mas, por que aquele breve encontro deixou um sensação grande de inquietude e, ao mesmo tempo, curiosidade nela?

Lembrou que, sempre que encontra um anão sente um certo desconforto, não sabe bem porquê.

Ouvira dizer, uma vez, que os anões vivem menos que as pessoas comuns, tem até um metabolismo diferente do nosso... Será?

E aonde ele terá ido a essa hora do dia? Teve vontade de seguí-lo. Hoje não vai dar, está atrasada..Quem sabe na próxima vez...

Esperou pacientemente uma nova oportunidade de reencontrar o anão. Mas, nem sombra dele.

Perguntou por ele aos funcionários e soube que há sim, um anão que anda por lá, porém não disseram mais nada.

Passaram-se dias, semanas, meses sem ter visto o anão novamente, ela andou ocupada com novos pensamentos, interesses diversos, deu até para escrever.

Agora, chegou a primavera e seus olhos encheram-se de cor, tão belo o jardim do condomínio, tão bem cuidado...

ia ela divagando quando estancou admirada: o anão estava lá, no meio do jardim, entrelaçado por folhas e flores, misturado a borboletas e outros insetos, compenetrado em seu ofício.

Então, é isso, é ele o jardineiro que cuida do embelezamento do lugar, um verdadeiro anão de jardim, quem diria!

Assim, sem mais novidade, acabou o mistério, pensou inalando o perfume de rosas, cravos, sempre-vivas, misturado ao cheiro de grama combinado ao odor forte da fumaça vindo dos carros do asfalto.

Agora, melhor correr, tem uma chuva daquelas vindo aí. Viva a Primavera!

by Neusa Cesar Spring of 2017, Brasil

Stories We Think You'll Love 💕

Get The App

App Store
COMMENTS (0)
SHOUTOUTS (0)