Ode em prosa moderna.
Ode em prosa moderna. feminism stories
  0
  •  
  0
  •   0 comments
Share

anon
anonAnonymously Published Stories
Autoplay OFF  •  8 months ago
Uma mulher pode fazer imensas coisas num quarto escuro: pode procurar-se, encontrar-se ou tocar-se. Até pode fazer mais do que uma coisa,
By textuariopessoal http://textuariopessoal.t...

Ode em prosa moderna.

by textuariopessoal

Uma mulher pode fazer imensas coisas num quarto escuro: pode

procurar-se, encontrar-se ou tocar-se. Até pode fazer mais do que uma coisa,

realmente (basta simplesmente dedicar-se um pouco). Uma mulher pode fazer

imensas coisas num quarto escuro: despir-se, sentir-se ou impedir-se. Até pode

destruir a sua vida inteira, realmente (basta simplesmente focar-se um pouco). Uma

mulher pode fazer imensas coisas num quarto, mas há quem diga que o lugar da

mulher não é em qualquer quarto. Eu partilho do mesmo ideal - afinal, o único

quarto a que uma mulher deve pertencer é no que mais dela for – e não aceito

ver-me a mim ou a uma outra mulher num lugar que não lhe pertença. Uma mulher

pode fazer várias coisas num quarto escuro – mas hoje decidi só inventar-me –

e, seja o que for, ninguém sabe fazer melhor. Nós fazemos as coisas acontecer, porque somos as mães da pátria que está por vir. Somos as musas que inspiram os

artistas e os artistas em si. Nós lutamos, vivenciamos e compreendemos o que os

outros não compreendem (tudo a tempo para fazer o jantar, claramente). Bebemos,

fumamos e vestimos o que bem nos apetece. Somos os melhores alunos da turma –

que se dane, da escola – e mesmo assim, somos vistas e distinguidas pelo que

vestimos, comemos e dizemos. Uma mulher pode fazer imensas coisas num quarto

escuro: mas descansar não é uma delas. Preparamos a roupa e os discursos antes

de apagar a luz, e analisamos tudo. Algumas não se

acham dignas de objetivos e todas desejam-se como independentes. Praguejamos,

gritamos e perdemo-nos, rebeldemente. A verdade, é que uma mulher pode fazer imensas coisas num quarto: e

pensar é o que escolhemos fazer (de vez em quando). Não nos distinguimos e muito

menos definimos, adormecendo sempre com o mesmo vazio no peito - pois pedir, cordialmente, por uma nação suficiente e

justa pode não passar de um sonho para certos indivíduos, mas enquanto alguns

de nós se tocarem no psicológico e na alma: não cairemos. Enquanto uns se construírem

e distribuírem - não acabaremos. Uma mulher pode fazer imensas coisas num

quarto escuro: mas depender de um outro alguém não é uma delas; sentir-se

inferior dificilmente é uma delas e criticar não é, definitivamente, uma delas. Uma mulher pode fazer

imensas coisas num quarto escuro: procurar-se, encontrar-se e mostrar-se. Duas

mulheres podem fazer imensas coisas num quarto escuro: sentirem-se,

impedirem-se e partilharem-se. E, para acabar, uma multidão de mulheres no escuro pode reinventar-se,

mas quando sobre a luz, pode conquistar o mundo.Ilda Beno  

Stories We Think You'll Love
COMMENTS (0)
SHOUTOUTS (0)